15/10/11

Capitulo 32 – Confusão Oliver vs. Mafalda – Fanfiction “ O diário de Patty”

Não queria que o Artur continuasse, ali muito tempo, e eu já tinha tido uma ideia, como a Mafalda naquele momento estava sozinha decidi, que iríamos lhe fazer companhia, e assim foi, ao chegar-mos junto dela, ela apresentou-se bastante simpática, diferente do comum, até parecia que tinha mudado.
Podia mesmo dizer que ela parecia uma verdadeira amiga, começava a mudar de ideias em relação ao que pensava dela, e o Artur também parecia estar bastante feliz de estar ali.
Conversemos bastante, e o Oliver também parecia estar bastante satisfeito, apesar de não ser bem a noite que programamos.
Oliver:_ Eu vou buscar alguma coisa para beber volto já
Mafalda: Eu vou contigo Oliver
_ Não se demorem muito
Oliver:_ Ok
Era o momento ideal para perguntar ao Artur se ele estava a gostar do baile, mas alguma coisa fazia com que eu não conseguisse tirar os olhos do Oliver que era perseguido pela Mafalda, apesar de estar muita gente conseguia visualiza-los ao longe, encanto o Oliver, pegou num copo a Mafalda, sussurrou-lhe qualquer coisa ao ouvido tentando abraça-lo, de imediato o Oliver virou-se e deu-lhe um estalo, acabando pela Mafalda cair ao chão.
Corri, para perceber o que se tinha passado, mas uma multidão começava a fazer um roda em volta deles os dois ouvindo apenas o que eles diziam.
Mafalda:_ Seu estúpido, e que é que vês nela assim tão especial?
Oliver:_ Vejo algo que tu não tens e que a faz única
Mafalda:_ Sabes o que tu gostas, e de ver a Patty fazer de cadelinha atrás de ti
Oliver:_ Isso não é verdade,  tu é que estas a comportar-te dessa maneira,
Mafalda:_ Se calhar, mas podia oferecer-te uma noite fantástica, não sei como é que desperdiças uma hipótese destas, és um burro
Oliver: Prefiro ser burro duque traidor
Mafalda:_ Não queres pensar melhor, eu posso dar-te o que ela não pode dar
Oliver:_ Tira as mão de cima de mim!! Não te preocupes que tudo o que eu preciso ela já me deu, por isso não preciso de ti
Mafalda:_ A sério? Não me digas que tu e a menina certinha já foram para a cama juntos
Oliver:_ Não tens nada a ver com isso, nem  se quer vale a pena estar aqui a falar para ti
Mafalda:_ Seu cobarde, não és capaz nem se quer de admitir o que fizeste com ela
O Oliver não lhe respondeu chegando á minha beira, enquanto ela continuava a chamar-lhe de cobarde
Oliver:_ Patty, vamos embora
_ Espera Oliver á uma coisa que eu quero dizer aquela….aquela rapariga
Sentia um ódio dentro de mim, afinal ela só estava a ser simpática porque queria o Oliver, eu não ia deixar as coisas ficarem assim, não eu estava prestes a rebentar, enquanto olhava para ela com desprezo.
Mafalda:_ Olha a menina certinha vieste dar-me uma lição foi?
_Não, eu nem sei o que estou a fazer, a perder o meu tempo com alguém que não merece
Mafalda:_ Pois mas se eu não tivesse dito certas coisa ao teu namoradinho se calhar não dizias isso
_ Não, e sabes porque, porque achei que podias ser diferente duque o que aparentavas ser mas enganei-me
Mafalda:_ Desculpa mas é a vida, olha o melhor é ires embora e fazeres de cadelinha para o Oliver que ele gosta
_ Eu não sou nenhuma cadelinha
Mafalda:_ passas o tempo todo atrás dele, pareces uma melga tenho a certeza que vossa relação não passou mais duque um simples beijinhos
_ O que tu queres saber é se já dormimos juntos
Mafalda:_ Afinal não és assim tão burra, dormiram ou não
_ Sim já, já dormimos juntos para a tua felicidade
Mafalda:_ Não precisas de mentir nós sabemos que isso é mentira
Oliver:_ Já chega Patty, vamos para casa
_ Oliver……
Ele agarrou fortemente na minha mão encaminhando-me para fora daquele lugar, nunca tinha visto aquela expressão no seu rosto, talvez o problema fosse meu, se calhar era mesmo uma melga que atrapalha a vida dele.

2 comentários:

  1. Esta lindo lindo lindo Adorei esta simplesmente super espectacular....

    Bjito

    ResponderEliminar

O teu comentário é sempre bem-vindo
Gostamos de saber a tua opinião
Comenta!